fbpx

Quem é Alexandre Luiz Rodrigues Alves

Alexandre Luiz Rodrigues Alves chegou ao Condomínio juntamente com seu amigo Paulo Gabeto e ambos foram morar na mesma rua que eu morava, a Rua da Integração.

 

Logo nos tornamos amigos e como trabalhávamos na Esplanada dos Ministérios até revezamos a carona ao trabalho. Cada dia íamos no carro de um.

 

Frequentávamos sem maiores problemas uma a casa do outro e quando ela não tinha compromissos em Unaí, cidade em que morava sua mãe e ele dava aulas na Faculdade local, ele frequentava os churrascos que eu promovia de vez em quando em minha residência.

 

Alexandre era formado em Advocacia, dava aulas na Faculdade de Ética na Faculdade de Unaí e após chegada no Condomínio se tornou Analista Ambiental do Ministério do Meio-Ambiente.

 

Eu já tinha Subsíndico, Presidente do Conselho Fiscal, Membro da Comissão de Obras do Condomínio, Presidente das Comissões que elaboraram a Convenção, o Regimento Interno e as Normas de Ocupação do Condomínio e era um candidato natural ao cargo de Síndico nas eleições de 2008 quando descobri que tinha uma doença.

 

Fiquei com medo de me candidatar e não poder exercer o mandato na plenitude em virtude do tratamento a que ia me submeter e considerei que, pelas suas qualificações, o Alexandre  seria um bom candidato.

 

Mas o Alexandre traiu nossas bandeiras

 

O condomínio já possuía vários lotes em carteira provenientes de negociações com outros condôminos e isso era simplesmente uma regra de ouro para Oscar, uma vez que Oscar, como Presidente do Conselho Fiscal em outras oportunidades negociou para que o Condomínio assumisse lotes de condôminos inadimplentes, conforme pode ser visto na Ata em anexo.

O Lote 159 iria para Leilão para pagamento de dividas do Condomínio, porém, conforme estipulado na plataforma de campanha para as eleições do Condomínio, inclusive na chapa perdedora das eleições de julho de 2008  o objetivo de vários moradores do condomínio era criar uma carteira de lotes que poderiam ser mais tarde vendidos e assim facilitar o pagamento das despesas de calçamento do Condomínio.

Porque Alexandre acertou a venda do Lote 159 com Edna de Cássia Carmelio?

Se era para tirar do leilão judicial porque não possibilitou que João, José, Maria, Renata, Francisco, ou qualquer outra pessoa pudesse ter acesso ao lote? Porque Edna?

Porque Toni Duarte, que tanto atacou Alexandre em seu mandato de repente ficou do lado de Alexandre e começou a atacar Oscar?

Porque quem se dizia professor de Ética da Faculdade de Unaí destituiu a chapa e convocou eleições para uma nova administração de apenas 4 meses se o Conselho de Administração é composto de 8 pessoas justamente para evitar a vacância do cargo?

Quanto custa somente um lote de 750 m² mesmo hoje com toda essa crise? Alexandre possibilitou a Edna uma lote com uma construção que valiam na realidade mais de R$ 500 mil e que foi adquirida por R$ 39.208,75 parcelados.

É obvio que se eu assumisse eu iria desfazer tudo o que Alexandre fez,  mas a comunidade ficou do lado de Alexandre e Toni Duarte?

Veja bem como reage a Comunidade do Parque do Mirante a tudo que um cara como Toni Duarte fala e escreve.

Open chat
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by